21/04/2009

Quebrar...

... e não me armar em forte é acordar com um sorriso na cara, ver o sol dar mais cor ao que me rodeia, porque me confortaste com o(s) teu(s) abraço(s) forte(s) e grande(s).

Encolhi-me, como se fosse uma menina pequenina, e recebi os teus miminhos. Bebi a tua força, a tua sensatez e o conforto das palavras de alguém que vê as coisas de maneira diferente porque está fora.

Como me soube bem!

Quero mais... mais mimos... e mais...

3 comentários:

flores disse...

? Quero... explicações... :)

Lara disse...

Ahahaha, podes preparar a bateria de questões.
Eheheh, mas só te respondo por e-mail.
É que não és a única cusca da blogosfera! :)

Melancia disse...

Seja lá o que for :):):)