20/04/2009

O baptizado

Não sei se ria se chore.

Se ria das peripécias de um baptismo comunitário realizado a meio de uma missa, se chore da emoção que foi o dia do baptismo da minha filha.

Mas, agora a sério:

De manhã acordámos as duas e tranquilamente arranjámo-nos. A Maria ia linda, muito mimosa.



(primeira peripécia do dia: maquilhei-me com tudo a que tinha direito, mas, ao final do dia é que reparei que me tinha esquecido de finalizar a maquilhagem dos olhos com rímel, coisa que nunca me tinha acontecido.)
A minha mãe chegou e lá fomos para a igreja.
(segunda peripécia do dia: para trás ficou o meu pai, que também ia fotografar a cerimónia. Tinha adormecido - mesmo comigo a ligar-lhe há uma hora, de dez em dez minutos, ihihihi)

À chegada fomo-nos encontrando no adro da igreja. Beijinhos, algumas apresentações, crianças a correrem de um lado para o outro. Estava tudo a postos, mesmo sem pai fotógrafo.
(terceira peripécia: o padre é que nos veio buscar para entrarmos em procissão na igreja)

Quando entrei deparei-me com uma igreja cheia.


(quarta peripécia: logo ali dividimo-nos. Uns ficaram junto à porta, outros sentados em bancos longe da minha vista. No "nosso" banco ficamos nós, o pai, os padrinhos, a prima B, a minha avó e a avó da Maria. Ah, o fotógrafo ainda não tinha chegado.)

Começou a missa e a partir daí a Maria correu os colos de todos nós. Quando aceitamos o baptismo chega o fotógrafo. Boa, chegou a tempo!

Quando é dada a altura de ir à pia baptismal levar com a água na cabecinha é que as coisas não correm bem. A Maria agarra-se ao meu pescoço, com toda a força e tem que ser "obrigada" a colocar a cabeça para trás. Acho que só por isso, em vez de levar com um fiozinho de água leva com uma "enxurrada". Ficou a chorar, em tom ofendido até quase ao final da celebração. (Obrigada, mãe, por me teres lembrado de levar uma chucha, just in case)



Chega ao final. Assinamos os papéis. Saímos. Mais beijinhos, crianças a correr de um lado para o outro. A minha cabeça parecia correr tanto como elas. Não estava a conseguir dar atenção a ninguém.
Saímos todos juntos para o restaurante onde fizemos o almoço.
(quinta peripécia: a Maria quis ir com o Pipo e com a prima. Eu fui com o pai fotógrafo. Resultado: fomos o último carro a chegar, ihihihi. Private joke.)

A partir daí correu tudo dentro do planeado. O almoço durou quase até depois das quatro da tarde. Era porque as pessoas se sentiam bem.A

As miúdas fartaram-se de brincar. Fizeram casinhas debaixo das mesas vazias e brincaram. Muito, muito.

Gravaram-se e distribuíram-se os cd's com as fotografias.

Quando chegámos ao carro, a Maria adormeceu na segunda curva.

Adorei o dia, a companhia e o ambiente de convívio que se gerou entre ambas as famílias.

Foi o dia da entrada da Maria na vida cristã e foi o dia em que, exceptuando o dia do seu nascimento, as famílias estiveram mais próximas.

E foi um dia em que estive com quem queria e me fazia falta nesse dia. Nem mais, nem menos.

E adorei estar com a avó da minha filha, amiga de há muitos anos, quando nem sequer sonhámos que teríamos um laço tão forte a unir-nos para sempre. Aprendi muito com ela, foi uma senhora muito presente na minha adolescência, tudo a partir do momento em que arranjei um trabalhinho para as férias numa lojinha de produtos naturais que ela tinha num centro comercial ao pé de minha casa. Um dia escrevo mais sobre essa amizade, para que a Maria saiba que a avó E. é minha amiga há muito tempo.

6 comentários:

flores disse...

:) Obrigada por partilhares connosco.

Lara disse...

Até estive a preparar o texto à hora de almoço, para compartilhar convosco, mas principalmente porque sabia que estavas à espera! :)

rita disse...

Estavam lindas!
Parabéns, é sempre um dia muito emotivo. E quanto menos pessoas, melhor, no da minha filha foi gente a mais. A preocupação com a logistica era tanta q nem dei atenção ao q realmente importava.
Bjs

Filipa disse...

Adorei o texto e as fotos!
Nota-se que foi um dia feliz e isso é que é importante!
Beijinhos

moca disse...

Parabéns estavam muito giras.

É sempre um dia muito bonito e se as pessoas estiverem todas bem melhor ainda.

Bjs

Mocas disse...

Muito lindas vocês! Gostei das fotos :) obrigada por partilhares connosco :)